Braga lança concurso público para requalificação da Avenida da Liberdade

 Projeto representa investimento de 3 milhões de euros

Câmara de Braga lança concurso público para requalificação da Avenida da Liberdade

A Câmara Municipal de Braga prepara-se para lançar o concurso público para a execução da requalificação da Avenida da Liberdade, no âmbito do projeto “Eu Já Passo Aqui” que tem como objetivo central a melhoria da acessibilidade e a segurança rodoviária. A proposta para a abertura do concurso público será analisada na Reunião do Executivo Municipal, a decorrer na próxima Segunda-feira, 4 de abril.

Com um investimento de cerca de 3 milhões de euros, a proposta consiste na intervenção da Avenida da Liberdade, desde o seu cruzamento com a Rua do Raio até a Rotunda de S. João da Ponte, totalizando uma extensão de cerca de 850 metros,

O projeto prevê o reperfilamento da via com a inserção de vias ciciáveis segregadas, unidirecionais, dos dois lados da faixa de rodagem, novas travessias pedonais, eliminação de barreiras à circulação inclusiva, incremento da arborização e aumento da área permeável.

Esta intervenção vai beneficiar a imagem urbana e contribuir para uma evolução muito relevante nos padrões de mobilidade da Cidade e na diminuição significativa das emissões de gases, quer através da redução no número de veículos e redução das velocidades praticadas, quer pelo aumento da área permeável com inserção de novas componentes vegetais, incluindo novas árvores.

No âmbito desta empreitada, os cruzamentos e as passadeiras serão, genericamente, sobrelevados ao nível dos passeios, associados a soluções semafóricas inteligentes e inovadoras, que irão aumentar significativamente o conforto e a segurança para peões e ciclistas e, em simultâneo, a diminuição das velocidades praticadas pelos automóveis.

Serão ainda implementadas novas travessias, nomeadamente no lado Sul do cruzamento com a Rua 25 de Abril; nos lados Norte e Sul do cruzamento com a Avenida João XXI; junto ao cruzamento com a Rua Araújo Carandá; e junto à Rotunda de S. João da Ponte, na Av. Viriato Nunes (N101).

A travessia existente junto ao Parque da Ponte será duplicada, passando a haver uma ligeiramente mais a Norte, sobre o Rio Este, e outra mais a Sul, junto à Rotunda. Todas as travessias pedonais passam a incorporar pisos podotáteis.

As paragens de transporte público são redesenhadas, de modo a que a plataforma de embarque fique elevada 30cm acima da faixa de rodagem, facilitando o acesso aos autocarros.

O projeto prevê igualmente a reformulação e/ou reposicionamento do mobiliário urbano, da iluminação pública, da sinalização e das demais infraestruturas, compatibilizando-os com o novo desenho da via, e a execução de canteiros junto aos limites da faixa de rodagem, com novas plantas que não exigirão sistema de rega.

Irá ainda proceder-se à eliminação e substituição das duas passagens inferiores que se encontram junto à Avenida João XXI/Avenida Imaculada Conceição por travessias de superfície, plenamente acessíveis.

Já os espaços afetos ao estacionamento público serão revistos, dando-se prioridade às atividades de cargas e descargas, mantendo-se, contudo, alguns lugares de utilização comum, bem como lugares de mobilidade condicionada.

Pondera-se, simultaneamente, fazer coincidir temporalmente a empreitada a realizar no túnel da avenida, de forma a concentrar as reabilitações e diminuir os constrangimentos que obras desta envergadura necessariamente sempre implicam.