Braga y Santiago ya son ciudades hermanadas con un grande y atractivo espacio de colaboración

Braga y Santiago de Compostela ya son ciudades hermanas. Todo un acierto. La sesión solemne se celebró en Compostela y en breve habrá devolución de visita en Braga. Si hay voluntad política, cabeza y ganas de hacer cosas en conjunto, se abre para las dos ciudades un vasto camino de beneficios comunes que no deberían de desaprovecharse...






Cerimónia de assinatura do acordo de geminação decorreu hoje no Paço de Raxoi

Braga e Santiago de Compostela unem forças e formalizam acordo de geminação

Reportagem gráfica de Sergio Freitas)

Decorreu hoje, dia 9 de Maio, a cerimónia de assinatura do acordo de geminação entre as Cidades de Braga e Santiago de Compostela. A iniciativa decorreu no Paço de Raxoi, em Santiago de Compostela, e contou com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, e de Xosé Sánchez Bugallo, alcalde local.

Como sublinhou Ricardo Rio, estas são duas cidades com ´séculos de uma ligação histórica´ e que têm colaborado activamente, nos últimos anos, para o desenvolvimento da Eurorregião em domínios como o ensino e investigação, a mobilidade ou o desenvolvimento económico, turístico e cultural.

“Somos das Cidades mais jovens e dinâmicas desta euroregião e o objectivo passa por fortalecer estas relações com projectos conjuntos que potenciem o nosso valor. Queremos posicionar este território como destino de investimento internacional e continuar a cooperar nas mais diversas áreas num esforço conjunto que deve envolver os poderes públicos mas também a sociedade civil, passando muito do sucesso deste acordo por esse mesmo envolvimento”, afirmou.

O autarca bracarense lembrou ainda, nesta data em que se celebra o Dia da Europa, que a ´força do projecto europeu assenta na força das Cidades´ e na capacidade das comunidades em criar uma sociedade mais justa e próspera. “É essencial promover um clima de colaboração entre os agentes como pilar da resiliência das Cidades e de concretização dos objectivos definidos no projecto europeu. Este é um acordo bastante abrangente e que permitirá fortalecer os muitos laços que nos ligam. Seremos certamente mais fortes ao trabalharmos em conjunto”, referiu.

Já Xosé Sánchez Bugallo sublinhou que Braga e Santiago de Compostela devem desenvolver uma ´estreita e frutuosa´ relação de colaboração nos muitos campos que as une, e que tem uma das suas manifestações mais evidentes no Caminho de Santiago.

“Temos também um compromisso com as novas tecnologias - no caso de Braga mais focado nas TIC e no de Santiago na biotecnologia – tendo em vista o desenvolvimento de um pólo de inovação entre as duas Cidades focado nas ciências da saúde, biotecnologia e nanotecnologia”, afirmou, lembrando que, em conjunto, este território tem a massa critica que permite competir internacionalmente em todos os âmbitos e atrair e reter talento.

Foi ainda manifestada a vontade comum de fazer da cooperação turística um dos eixos fundamentais do acordo, sobretudo para trabalhar a promoção e dinamização do Caminho Português de Santiago, o que tem registado o maior crescimento nos últimos tempos. Nesse sentido, no dia anterior à assinatura deste acordo, membros das duas delegações municipais percorreram o último troço do Caminho - desde o Monte do Gozo até à Plaza del Obradoiro.

Presentes nesta cerimónia de assinatura do acordo de geminação estiveram representadas diversas entidades públicas e privadas das duas Cidades, tais como António Cunha, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte, Rui Vieira de Castro, Antonio López e João Duque, reitores da Universidade do Minho e de Santiago de Compostela e pró-Reitor da Universidade Católica de Braga, José Cordeiro e Julián Barrio Barrio, arcebispos de Braga e de Santiago de Compostela, e Domingos Macedo Barbosa, presidente da Associação Empresarial de Braga.

A comitiva incluiu ainda autarcas, empresários e agentes culturais provenientes destas duas regiões, que participaram numa reunião de trabalho que decorreu imediatamente após a assinatura do acordo de geminação.