Gran sábado musical el que está previsto en el Theatro Circo de Braga





Fim de tarde mágico com a harpa de Mary Lattimore e uma noite repleta de energia soul/jazz de Myles Sanko!





Mary Lattimore

28 de maio | sábado | 18h00


A música de Mary Lattimore é sinónimo de uma contemplação entre vários mundos melódicos em suspenso e pausa, numa tranquilidade que é cada vez mais necessária à velocidade que vivemos hoje em dia. A harpista, a viver em Los Angeles, chega a Braga pela primeira vez para nos agraciar um fim de tarde em comunhão com a sua harpa, no dia 28 de maio (sábado), pelas 18h00.

Reconhecida pela inovação que aplica a um instrumento tão místico quanto a harpa, Mary Lattimore é uma das mais requisitadas artistas da atualidade, colaborando com vários nomes sonantes do Indie-Rock e da música experimental, enquanto se dedica ao lançamento dos seus trabalhos a solo ou à gravação de bandas sonoras. O ano de 2020 foi crucial para a artista de Los Angeles: editar o disco “Silver Ladders” (Ghostly International, 2020), produzido por Neil Halstead (Slowdive) projetou-a como uma das figuras mais enigmáticas do mundo da música experimental. Rapidamente os críticos de meios como a Wire, Pitchfork, New Yorker ou Quiteus, incluíram o seu disco nas melhores listas do ano.

Não existem planos de carreira e musicais que possam definir Mary Lattimore. Prova disto é a reunião de dois trabalhos editados separadamente, “Collected Pieces I” (2017) e “Collected Pieces II” (2020), em “Collected Pieces: 2015-2020), que traduzem as múltiplas sessões de improviso que a artista impõe na sua prática de exploração diária de um instrumento tão mitológico como é a harpa.

Às graciosas improvisações de harpa, Lattimore acrescenta marcantes efeitos eletrónicos, enfatizando as qualidades etéreas do instrumento e evocando novas e fascinantes paisagens sonoras. Tudo isto evoca nos ouvintes da sua música uma espécie de contemplação, de um transe que um instrumento como a harpa produz, acrescentado pelas divagações eletrónicas que Mary Lattimore inclui nas suas composições. A sua música é delicada e ao mesmo tempo densa, como se nos convidasse a entrar na sua casa-abrigo de montanha para sentirmos um outro modo de olhar a música.

Myles Sanko
28 de maio | sábado | 21h30


Myles Sanko está de volta a Braga com o novo álbum “Memories of Love”, um dos seus melhores e mais pessoais trabalhos. Depois de uma primeira vinda ao Theatro Circo em 2018 onde deu um dos concertos mais vibrantes da temporada, o caminho de Myles Sanko tem vindo a ser em rota ascendente. O feedback dos media é entusiasmado e os seus 3 primeiros singles, “Freedom Is You”, “Rainbow In Your Cloud” e “Streams Of Time” foram destaque em várias rádios e listas de reprodução, como a Soul ‘n’ The City e a Jazz FM. Ao vivo, Sanko e a sua banda apresentam um espetáculo único que continua a conquistar as plateias internacionais.

Comprar