Guimaraes inaugura o ciclo de exposições "Voz Multiplicada"






Este sábado, 7 de maio, às 18:00, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG) inaugura o ciclo de exposições "Voz Multiplicada", com direção artística de Marta Mestre.

A inauguração será assinalada pela performance "I believe in good things coming", da artista Luísa Mota

VOZ MULTIPLICADA

CICLO DE EXPOSIÇÕES

“Voz Multiplicada” apresenta cinco exposições que ocupam os vários espaços do CIAJG e que tecem diversos tipos de relações com as coleções de José de Guimarães. Remete para a amplificação dos sentidos individuais transformados em coletivos, para aquilo que é múltiplo e político dentro e fora do museu.


Piso 1
Pedro Barateiro
A Língua do Monstro


Piso 1
José de Guimarães
Coleção | Artes Africanas, Pré-colombianas e Antigas Chinesas


Piso 0
Yonamine
EU UE / Amnésia & Dislexia


Hall e Piso -1
José de Guimarães
Manifestos


Piso -1
Afra Eisma, Asger Jorn & Noël Arnaud, Dalila Gonçalves, Gabriel Abrantes, Gabriela Mureb, Janaina Wagner, João Ferro Martins, La Chola Poblete, Leonor Teles, Luís Lázaro Matos, Oficina Arara, Rosa Ramalho, Tom Zé
Curador visitante: Raphael Fonseca
Garganta


Vários espaços
Max Fernandes
Preambular o Futuro


PROGRAMA DE ABERTURA

SÁBADO 7 MAIO
18:00
Performance “I believe in good things coming”, de Luísa Mota

A abertura das exposições será assinalada pela performance “I believe in good things coming”, de Luísa Mota. As performances da artista portuense são acontecimentos efémeros, a meio caminho entre a teatralidade e o ritual, a cultura pop e a autoconsciência. Ao envolverem vários participantes, ativam arquétipos e imagens do imaginário coletivo. Em Guimarães, a performance “I believe in good things coming” terá a forma de uma “marcha” pelas ruas da cidade, em que os participantes estarão vestidos com os figurinos “Homens Invisíveis”, entidades sobrenaturais que fazem parte do universo da artista. A “marcha” culminará com a ocupação da praça e do interior do CIAJG.

DOMINGO 8 MAIO

11:00
Visita orientada às exposições por Diana Geiroto
Educação e Mediação Cultural

Maiores de 6

Lotação limitada

Preço 2,00 eur, mediante inscrição prévia através

do e-mail mediacaocultural@aoficina.pt ou do tel. 253 424 716


16:00
Conversa com José de Guimarães e Mariana Pinto dos Santos
Imaginários primitivistas, ontem, hoje e amanhã
Moderada por Marta Mestre

No dia seguinte à inauguração do ciclo expositivo “Voz Multiplicada”, José de Guimarães e Mariana Pinto dos Santos protagonizam uma conversa na Black Box do CIAJG em torno do tema “Imaginários primitivistas, ontem, hoje e amanhã”.

José de Guimarães é artista e colecionador. Vive e trabalha, desde 1995, entre Lisboa e Paris. Tem realizado numerosas exposições em vários países, no exterior e em Portugal, e é representado extensamente em várias coleções. No Centro Internacional das Artes José de Guimarães participou em numerosas exposições e remontagens das coleções, pertença do artista, e que aí se depositam em comodato.
Mariana Pinto dos Santos é historiadora de arte e curadora. Tem vindo a desenvolver investigação sobre noções como “primitivismos” e “modernidade”. É investigadora integrada do Instituto de História da Arte da NOVA FCSH, onde coordena o Grupo de Investigação “Teoria da Arte, Historiografia e Crítica”.

Entrada gratuita, até ao limite da lotação disponível