Cidade de Braga é palco de Jazz Nights em Junho, Julho e Agosto


Auditório do Centro da Juventude de Braga acolhe três concertos

Braga é palco de Jazz Nights em Junho, Julho e Agosto

Os meses de Junho, Julho e Agosto prometem fazer de Braga uma capital do Jazz nacional, pela mão da Plataforma do Pandemónio. Com um concerto por mês, as Pandemónio´s Jazz Nights, no Centro de Juventude de Braga, trazem noites quentes, de tirar o fôlego ao público presente. É ir para conferir, e experimentar o melhor do jazz da atualidade.

O Pandemónio´s Jazz Nights é um ciclo de concertos que apresenta ao público três  grupos de jazz, numa programação mensal, que tem o Auditório do Centro da Juventude de Braga como palco.

O ciclo, que conta com o apoio do Município de Braga, arranca já dia 25 de junho, pelas 22h00 e nessa data sobem ao palco os Quang Ny Lys, trio que junta em palco Rita Maria (voz), João Mortágua (saxofone) e Mané Fernandes (guitarra elétrica). Dia 30 de julho será a vez dos Math Trio (João Mortágua – saxofone, Diogo Dinis – contrabaixo, Pedro Vasconcelos – bateria) e o encerramento cabe ao projeto emergente The Peace of Wild Things (Clara Lacerda – piano, Romeu Tristão – contrabaixo, Ricardo Coelho – bateria), no dia 27 de agosto. Os concertos têm início às 22h00, com jam session logo de seguida. Já os workshops acontecem no próprio dia, de manhã, no mesmo local.

Um leque de músicos de renome no panorama nacional expressa o que de melhor se faz atualmente em Portugal e consagram Braga como parte importante do circuito nacional de Jazz no país, vêm à capital do Minho encher de ritmos e sons três noites que se esperam de muito calor.

Se por um lado, estes concertos convidam figuras reconhecidas deste universo, por outro, também procuram impulsionar os valores emergentes da cidade, através da energia congregadora das jam sessions (que acontecem no final de cada concerto) e da realização de workshops com os músicos convidados.

Nas palavras de Marta Moreira, diretora artística da entidade promotora, as Pandemónio’s Jazz Nights surgem porque “acreditamos que existe um espaço de programação capaz de crescer para uma dinâmica mais regular e sustentada. Este projeto propõe-se a explorar o nicho de qualidade, mas ainda esparso, do Jazz em Braga, reconhecendo-lhe uma presença significativa e articulando os novos valores do jazz nacional com o circuito bracarense em clara expansão.”

Os Bilhetes têm o custo de 5€ (passe diário), 12€ (passe geral) e é gratuito para associados e participantes dos workshops. Workshop: 20€ (com acesso gratuito ao concerto)