La española Mercadona abre el día 7, en Braga, su segundo gran supermercado en la ciudad

 

  • A Mercadona abrirá no dia 7 de junho, em Braga, na freguesia de Nogueira, o segundo grande supermercado da cadeia na cidade minhota.
  • Esta loja doará, diariamente, e desde o primeiro dia, bens de primeira necessidade ao Centro de Alojamento Temporário (C.A.T) Dr. Francisco Alvim e à Cantina Social da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Braga.

A firma espanhola Mercadona abrirá a sua 32.ª loja em Portugal no próximo dia 7 de junho, em Braga, na Rua da Igreja n.º 87, na freguesia de Nogueira, e será a segunda loja da cadeia na cidade.

Um dos compromissos que a Mercadona mantém com a Sociedade é partilhar parte do que dela recebe. Com este objetivo, a empresa desenvolve o seu Plano de Responsabilidade Social, no qual estão inseridas as doações alimentares.

Deste modo, esta nova loja doará, diariamente, e desde o primeiro dia, bens de primeira necessidade ao C.A.T Dr. Francisco Alvim e à Cantina Social da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Braga. O C.A.T apoia atualmente 45 pessoas e a Cantina Social cerca de 65. Assim, as doações de bens de primeira necessidade realizadas pela Mercadona, servirão, acima de tudo, para preparar as refeições diárias para estas pessoas dos concelhos de Braga promovendo o seu bem-estar.

A missão do C.A.T consiste em proporcionar às pessoas acolhidas a satisfação de todas as suas necessidades básicas e os recursos essenciais para a sua inserção. Deste modo é ainda assegurado o acompanhamento psicológico e o acesso a atividades ocupacionais e de promoção de competências profissionais.

Em 2021, a empresa doou mais de 1.400 toneladas de alimentos e produtos de primeira necessidade a cantinas sociais, bancos alimentares e outras entidades sociais de Portugal, que correspondem a 23.300 carrinhos de compras.

No distrito de Braga, a Mercadona já colabora com o Banco Alimentar, a Cáritas, com várias delegações da Cruz Vermelha e outras instituições às quais doa diariamente desde as suas cinco lojas já abertas no distrito, tais como o GASC, em Barcelos, a Associação de Solidariedade Dar as Mãos, em Vila Nova de Famalicão, a Associação de Solidariedade Social de S. Tiago de Fraião, em Braga, o Lar de Santo António e Lar de Santa Estefânia, em Guimarães.

Armando Osório, Presidente da Direção da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Braga, afirma Ter a Mercadona como parceira é um privilégio, pois sendo a Cruz Vermelha de Braga uma fração da Cruz Vermelha Internacional, é inspirador estarmos ligados a uma empresa com projeção europeia que se preocupa e que faz com que os produtos que comercializa cheguem à mesa de quem mais precisa. Para nós, é uma responsabilidade ter de dar seguimento a este nobre objetivo da Mercadona, fazendo com que os produtos doados cheguem, direta ou indiretamente, à população referenciada como necessitando de apoio alimentar.”

Sofia Cardoso, Diretora de Relações Externas Zona Norte de Portugal, acrescenta: “É para nós enquanto empresa socialmente responsável, um privilégio celebrar estes acordos com as instituições sociais dos municípios onde estamos inseridos. Poder colaborar com a Cruz Vermelha, conhecendo nós a sua missão e importância na vida de todos aqueles que ajuda, torna-nos cada vez mais conscientes do quão preciosas são estas doações. É, por isso, gratificante podermos dar o nosso contributo à população local fazendo chegar bens essenciais a quem mais precisa.”

Sofia Cardoso, da Mercadona, e Armando Osório, Presidente da Direção da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Braga, na assinatura do acordo de colaboração

Sofia Cardoso, da Mercadona, e Armando Osório, Presidente da Direção da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Braga, na assinatura do acordo de colaboração