rbtribuna.

Programa já beneficiou 518 munícipes em situação de fragilidade económica

Câmara de Braga aumenta comparticipação para compra de medicamentos essenciais

A Câmara Municipal de Braga prepara-se para aumentar em 35 euros a comparticipação de medicamentos essenciais aos cidadãos com dificuldades económicas, através da ‘abem - Rede Solidária do Medicamento’. A proposta de aumento da comparticipação será analisada na próxima Reunião do Executivo Municipal, que se realiza Segunda-feira, 26 de Dezembro.

Esta iniciativa social, que resulta de um protocolo assinado entre a Câmara de Braga e a Associação Dignitude, já beneficiou 518 cidadãos em situação de carência económica a aceder a medicamentos essenciais para a sua vida, prescritos por receita médica.

O protocolo inicial, assinado em Maio de 2021, previa o pagamento por parte do Município de Braga de um montante de 100 euros por beneficiário. Face ao significativo acréscimo do valor de aquisição de medicamentos, a que acresce a elevada procura pelo programa da Rede Solidária do Medicamento, a Autarquia pretende agora aumentar a comparticipação para os 135 euros.

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, a Rede Solidária do Medicamento tem-se revelado um “auxílio crucial aos cidadãos que, por várias circunstâncias, não conseguem pagar os seus medicamentos por não possuírem os recursos económicos para tal, pondo em causa a sua própria saúde”.

“O acesso à medicação é um factor fundamental para a saúde e dignidade dos cidadãos, das suas famílias e de toda a comunidade. Este é mais um apoio social que visa garantir a qualidade de vida dos Bracarenses que passam por mais dificuldades, indo ao encontro de outras medidas que temos tomado no mesmo sentido e que visam até suprir lacunas do estado, como é um excelente exemplo o programa Braga a Sorrir”, afirma Ricardo Rio.

Recorde-se que cabe ao Gabinete Municipal de Saúde do Município de Braga a referenciação de cidadãos socialmente vulneráveis cuja situação seja enquadrável para integrar a Rede Solidária do Medicamento. A adesão é feita com total anonimato. Para qualquer esclarecimento pode contactar o Gabinete Municipal de Saúde através do número 253277099 ou do e-mail gab.saude@cm-braga.pt

Os cidadãos que estiverem elegíveis para aceder ao programa devem entregar, presencialmente no Balcão Único ou por e-mail (municipe@cm-braga.pt), o formulário disponível no site do Município onde estão também as condições de acesso a este programa.

Aos beneficiários será entregue um cartão ‘Abem – Rede Solidária do Medicamento’, bastando apresentá-lo numa farmácia aderente à sua escolha para poder adquirir, sem custos para si, os medicamentos comparticipados que lhe forem prescritos.

De referir que a Associação Dignitude é uma instituição particular de solidariedade social que tem como parceiros promotores a Cáritas Portuguesa, a Plataforma Saúde em Diálogo, a Associação Nacional das Farmácias e a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica.